RELEASES EMPRESARIAIS

QUINTA-FEIRA, 26 DE AGOSTO DE 2021 - Horário 23:06
nbe
ECO/ PRNewswire - Chega HUAWEI CLOUD a segundo ano na América Latina ajudando a combater a COVID-19 e proteger a biodiversidade

MEXICO CITY, 26 de agosto de 2021 /PRNewswire/ -- HUAWEI CLOUD está comemorando seu segundo aniversário na América Latina com uma série de eventos. Do 25 de agosto ao 3 de setembro, especialistas de todos os setores compartilharão suas experiências e percepções sobre como usar novas tecnologias, como computação em nuvem, IA, e big data para impulsionar a transformação digital em toda a região.

Especificamente, a empresa tem usado sua fortalezas em nuvem e em IA, para ajudar a combater a pandemia da COVID-19, e proteger a biodiversidade em certos países da região.

"A HUAWEI CLOUD sempre esteve comprometida com operações globais no nível local. A América Latina é um dos mercados emergentes mais importantes para a computação em nuvem. A HUAWEI CLOUD tem investido fortemente neste mercado, e alcançou um rápido crescimento", disse Zhang Ping'an , vice-presidente sênior da Huawei, CEO da Huawei Cloud BU, e presidente do Huawei Consumer Cloud Services.

"Olhando para o futuro, aumentaremos nosso suporte para a transformação digital, e a atualização de sistemas inteligentes de nossos clientes na América Latina por meio de quatro iniciativas: inovação tecnológica contínua, alcance conjunto com a HUAWEI CLOUD e a Huawei Mobile Services, serviços globais + locais, e ecossistemas de negócios de alta qualidade. Juntos, construiremos um ecossistema digital robusto em todo o mundo, e lançaremos as bases da nuvem para um mundo inteligente."

O Sr. Fernando Liu, presidente do Departamento de Negócios em Nuvem da América Latina da Huawei, disse: "Posicionamos nossa empresa não apenas como fornecedora líder de infraestrutura e serviços em nuvem, mas também como parceira de negócios de longo prazo na América Latina e no Caribe, bem como um ciudadano corporativo responsável. uma empresa cidadã responsável. Como fornecedor de serviços em nuvem com o maior número de nós, e com o crescimento mais rápido na América Latina e no Caribe, a HUAWEI CLOUD continuará investindo mais na América Latina com mais nós locais, novas soluções, e com suporte para parceiros. Estamos empenhados em trazer tecnologia de ponta para a região. "

Nos últimos dois anos, a HUAWEI CLOUD tem trabalhado com mais de 20 hospitais em vários países da região, incluindo Equador, Chile, Colômbia, Brasil, Peru e México, e tem utilizado um sistema de triagem assistido por IA para acelerar a analise de imagens de TC para identificar sintomas de COVID-19. Isso tem ajudado a melhorar a eficiência.

Mais recentemente, a Huawei continuou fazendo parcerias com ONGs com o fim de usar nossas tecnologias para ajudar a proteger a biodiversidade na América Latina. No passado 17 de agosto de 2021, sob a iniciativa TECH4ALL da Huawei, a Rainforest Connection (RFCX) junto com a Ética de los Bosques, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Superintendência do Meio Ambiente (SMA) do Chile, lançaram o projeto "Guardiões da Floresta" no Chile. Suportado por redes e tecnologias de IA, o projeto tem como objetivo proteger a raposa de Darwin, um canídeo criticamente ameaçado de extinção na cordilheira de Nahuelbuta.

O projeto usa dispositivos sem fio alimentados por energia solar, chamados de Guardians, os quais podem funcionar continuamente sob altos níveis de temperatura e umidade. Eles são instalados em árvores para gravar dados de áudio nas florestas tropicais e enviá-los para a Nuvem da Huawei. Modelos de IA treinados usando ModelArts, a plataforma completa de desenvolvimento de IA da Huawei, são posteriormente usados para analisar os dados, e compará-los com os padrões de som de diferentes espécies armazenadas com o fim de identificar animais específicos. Isso permite que os especialistas analisem a distribuição e o comportamento de espécies específicas, permitindo-lhes fornecer melhores orientações sobre como protegê-las. O sistema também detecta o som de motosserras e de tiros, de modo que a polícia possa responder rapidamente contra caça ilegal bem como contra outras atividades criminosas.

A Huawei fez parceria com a RFCx anteriormente na Costa Rica para construir modelos inteligentes para detectar e analisar os sons dos macacos-aranha, ajudando os pesquisadores a obter informações sobre os habitats das espécies, as ameaças que eles enfrentam, e até mesmo seus comportamentos e estilo de vida. Isso ajuda a proteger as espécies ameaçadas de extinção.

A Huawei CLOUD, celebrando seu segundo aniversário na América Latina, tem trabalhado com parceiros locais para impulsionar a transformação digital em setores como varejo, logística, educação, finanças, energia, Internet e saúde.

No setor varejista, a HUAWEI CLOUD está ajudando a transformar alguns dos principais varejistas, agilizando seus processos online e offline, apoiando a transformação inteligente de negócios, e estabelecendo novos benchmarks para a transformação digital de todo o setor.

No setor da logística, a HUAWEI CLOUD ajudou algumas das principais empresas de logística da região a integrar a infraestrutura SAP HANA para simplificar processos, garantir alta disponibilidade, melhorar a experiência do usuário, e reduzir custos.

No setor financeiro, a HUAWEI CLOUD apóia o desenvolvimento ágil, e a transformação dos bancos, ajudando-os a criar serviços móveis inovadores e mais rápidos.

A HUAWEI CLOUD junto com seus parceiros implantaram 45 AZs (zonas de disponibilidade) em 23 regiões ao redor do mundo. A partir de hoje, na América Latina e no Caribe, a HUAWEI CLOUD opera em três regiões principais no Chile, Brasil e México, e em duas regiões em nível de país na Argentina e no Peru, com oito AZs no total. A HUAWEI CLOUD está comprometida com seu objetivo de fornecer uma experiência de serviço em nuvem confiável, eficiente, e de baixa latência para clientes em toda a região.

Para mais informações por favor visite:

https://www.huaweicloud.com/intl/pt-br/about/anniversary2021.html

 

FONTE HUAWEI CLOUD


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.