RELEASES EMPRESARIAIS

TERÇA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2020 - Horário 17:58
nbe
ECO/ PRNewswire - A disseminação do coronavírus prejudica a indústria da tecnologia

SÃO PAULO, 17 de março de 2020 /PRNewswire/ -- A ameaça do coronavírus da China se amplia conforme o seu alcance vai se estendendo  continente asiático e o  resto do mundo. Além das vítimas que morreram por causa da doença, a epidemia já está tendo impacto na economia mundial e no setor tecnológico.

A China é o país com maior produção de aparelhos, dispositivos e produtos de tecnologia de grande consumo como computadores, celulares e tablets incluindo até peças.

O custo barato da mão-de-obra e a produção em escala são os principais fatores de competitividade e motivos para as grandes empresas de tecnologia montar fábricas no país asiático, porém com a chegada do coronavírus na China a produção em geral foi afetada. Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI) a epidemia já interrompeu o crescimento econômico da China.

As quarentenas impedem aos funcionários o acesso a seus postos de trabalho e as fábricas tiveram que fechar ou manter um nível baixo de produção.

Diversas empresas optaram pelo fechamento das lojas, escritórios corporativos e todos os centros de contato que eles tem no país.

O surto de coronavírus também provocou a suspensão de diversos eventos importantes como por exemplo a conferência com desenvolvedores da Huawei que tinha previsão de acontecer em Shenzhen nos dias 11 e 12 de fevereiro. Além disso um dos maiores eventos tecnológicos no mundo, o Mobile World Congress (MWC), cancelou a edição 2020 que iria acontecer de 24 a 27 de fevereiro em Barcelona após as deserções de grandes empresas participantes como: AT&T, Intel,Vodafone. A Associação Mundial de Operadores de Telecomunicaciones (GSMA), organizadora do evento teve que decidir suspender a feira pela preocupação de contágio dos assistentes.

O Brasil importa mais de 30% de produtos e peças eletrônicas do continente asiático. A produção de diversas empresas no Brasil estão sendo prejudicadas por falta de componentes que deveriam chegar da China o que também afeta o faturamento e o cumprimento de metas de diversas empresa no setor.

Com tudo,está sendo prevista um desabastecimento de desktops, notebooks e outros aparelhos eletrônicos. Somando a alta do dólar, comprar novos equipamentos não é uma boa opção pois a tendência é que os preços dos eletrônicos continuem subindo.Como modo de prevenção, diversas empresas optam pela manutenção do seus equipamentos e assim evitam que sua operação seja afetada no futuro.

Por enquanto, a manutenção preventiva deve ser uma prioridade para as empresas , para garantir que os equipamentos estejam aptos para realizar as tarefas necessárias e não ocasionar custos no futuro.

Um computador parado, gera custos pela interrupção no fluxo da produção e as consequências podem trazer grandes prejuízos para as empresas .

Além disso, o custo pode aumentar mais ainda caso exista a necessidade de adquirir peças para reposição. Por isso que é importante para qualquer negócio que contrate uma empresa especializada em TI.

A EUNERD é um marketplace de serviços de TI, oferece suporte técnico com um atendimento rápido a nível nacional com mais de 20.000 técnicos cadastrados. A EUNERD tem ferramentas de diagnóstico que permitem identificar potenciais problemas na manutenção preventiva. Entre em contato e consiga a extensão da vida útil de seus equipamentos e aumente seu potencial produtivo

CONTATO:comercial@eunerd.com.brTelf. 11 3129 7132

FONTE EUNERD


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.