RELEASES EMPRESARIAIS

TERÇA-FEIRA, 14 DE JANEIRO DE 2020 - Horário 17:26

O que é benchmarking? Como fazer para contabilidade?
Negócio / É sabido que a contabilidade tem evoluído constantemente e essa ciência tem se tornado cada vez mais consultiva, portanto, humana.

Essa evolução é cada vez mais notória, uma vez que, antigamente, esta era uma profissão e um ramo do empreendedorismo visto por todos apenas como "a que cuida dos números de uma empresa". Contudo, hoje, é possível enxergar que o fato de a contabilidade estar se tornando cada vez mais consultiva promove um entendimento maior sobre cada uma das necessidades dos clientes, o que permite ao contador, entregar resultados mais claros e objetivos, já que toda a atuação é focada no problema que o empresariado apresenta.

Qual relação à evolução da contabilidade tem com o Benchmarking?
Bom, a evolução da contabilidade é, sem dúvida alguma, um dos pontos principais para entender o que é o benchmarking, já que as práticas contábeis estão se reinventando e, segundo o pensamento que Charles Darwin difundiu por todo o mundo: "Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças". Ou seja, quem não se adapta, não sobrevive.

No artigo a seguir será exposto o conceito de benchmarking e como fazer da maneira certa para um escritório de contabilidade.
É um pássaro? Um avião? Não, é o benchmarking permitindo o alcance à informação!
A grande maioria das pessoas confunde o conceito de benchmarking com a prática de Espionagem Industrial, mas, é preciso deixar claro que uma coisa não tem absolutamente nada a ver com a outra.

O benchmarking é uma prática que permite E.N.T.E.N.D.E.R a atuação de outras empresas no cenário mundial para adaptar as estratégias utilizadas à uma organização. Ou seja, enquanto a espionagem industrial tem como foco obter informações sigilosas em prol de benefício próprio, o benchmarking tem o intuito de buscar referências e compreender as estratégias que trazem resultados mais expressivos e então, adaptá-las para que tenham uma performance ainda melhor dentro de um negócio.

A estratégia de benchmarking permite ao empreendedor fazer um estudo de concorrência e identificar quais estão no mesmo patamar que o empreendimento contábil. Dessa forma, se torna muito mais simples alcançar patamares mais altos dentro da atuação, uma vez que conseguirá identificar os potenciais pontos a serem melhorados.

Portanto, é possível separar o benchmarking contábil em 5 principais modalidades:

Benchmarking interno: consiste na análise interna dos setores que mais se destacam para, assim, adaptar as estratégias aos demais setores e igualar os resultados produzidos.
Benchmarking Competitivo: análise direta dos concorrentes, com foco em entender as estratégias e superá-las.
Benchmarking Funcional: análise de empresas do mesmo segmento de atuação, porém, que atendam nichos de mercado diferentes de um determinado empreendimento.
Benchmarking de Cooperação: parceria entre duas empresas do mesmo segmento que resolvem compartilhar informações a fim de melhor a atuação.
Benchmarking genérico: parceria entre empresas contábeis que atendem o mesmo nicho de mercado, porém, querem entender como funcionam os mesmos processos.
Como fazer o benchmarking para empresas de contabilidade?
Para que seja possível implementar a estratégia de benchmarking da forma certa em uma empresa de contabilidade, basta seguir os passos abaixo:
Planejamento
A etapa de planejamento é uma das fases mais importantes para a implementação de qualquer estratégia - e não apenas com relação ao ambiente empresarial, mas na vida como um todo.

Neste momento é que são definidos os objetivos a serem alcançados e os caminhos necessários para conseguir o êxito que o empreendedor contábil tanto quer.

Sendo assim, é recomendável a compreensão dos erros e acertos de um escritório contábil. Afinal, compreendendo estes pontos, torna-se muito mais simples saber em qual ponto a empresa precisa chegar.
Captação e Análise de dados
Este é o momento de colocar em prática tudo o que foi definido durante a fase de planejamento.

Para isso, é necessário conseguir os dados que precisam ser analisados. É possível executar essa tarefa a partir de parcerias, ou estudar os concorrentes com base na estratégia digital que utilizam. Dessa maneira será possível entender o que tem gerado mais resultados.

Após o levantamento de dados, é hora de fazer a análise, adaptação e implementação das estratégias definidas a fim de melhorar o desenvolvimento de um determinado negócio.
Ação - implementação do benchmarking
Feito o planejamento, a captação e a análise de dados, é recomendado o estudo do que cabe implementar dentro do empreendimento contábil e o que é descartável à forma de atuação.

Contudo, é preciso lembrar que, após finalizadas todas essas etapas, é necessário voltar a fase de planejamento e analisar a maturação das estratégias implementadas e, sendo assim, criar novos planejamentos para conquistar cada vez mais melhorias.

É necessário lembrar que o benchmarking é uma estratégia que depende de muita atenção e tempo disponível para a implementação. O ideal é contar com uma agência de marketing digital contábil que consiga entregar cada uma das informações necessárias.


Website: https://grupodpg.com.br/
© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.